Tropeços

Hoje achei na Leitura Megastore do Shopping Cidade vários livros em espanhol a um preço excelente, R$ 7,00. Como acho que preciso praticar minha leitura em espanhol, aproveitei pra comprar um deles. Entre vários autores desconhecidos e alguns conhecidos que não me interessava ler – como Poe, por exemplo, que posso muito bem ler em inglês logo – escolhi um de Gustavo Adolfo Becquer chamado Rimas y Leyendas. O nome suscitava alguma familiaridade, mas mais no sentido de “já vi esse nome” do que “já li algo desse autor”.  Comprei o bendito, e chegando em casa me ponho a folhear descompromissadamente, ver qual é a do cara. Eis que bato os olhos na rima X que, por uma incrível coincidência cósmica, é um dos meus poemas favoritos. O conheci antes por aí, tropeçando na vida.

Los invisibles átomos del aire

En derredor palpitn y se inflaman;

El cielo se deshace en rayos de oro;

La tierra se estremece alborozada.

Oigo flotando en olas de armonia

Rumor de besos y batir de alas;

Mis párpados se cierran… Que sucede?

– És el amor que pasa!

Tropecei lá, tropeço cá. Coisas da vida, casuística e caprichosa.

Anúncios

Sobre Wagner Artur Cabral

filosofia política e futebol
Esse post foi publicado em Persianas. Bookmark o link permanente.

4 respostas para Tropeços

  1. Agatha disse:

    Bem bonito o poema mesmo. Nossa, e como ando lendo coisas em espanhol ultimamente, nem me fale…

    Sim, adoro promoções dessas, sempre há algum achado! ;)
    Sempre adoro essas alegrias do acaso ;D

  2. Mariana Avelar disse:

    a vida tem sempre algo pra nos presentear ;]

  3. Missing Friend disse:

    Definitivamente, a mente mais brilhante que já conheci… A tríade Caroline-Taliban-WArtur é realmente um daqueles presentes que Deus coloca em nossas vidas e meio que implicitamente deixa reverberar uma subliminar mensagem (ora ostensiva, ora oculta) de que as coisas boas da vida são efêmeras. Vale a pena eterniza o efêmero.
    Engraçado que estou com sua carta de recomendação pronta há séculos, mas muito me orgulha saber que você conseguiu e conseguirá sempre o que se propuser fazer, sem a ajuda de ninguém, pois o seu talento é o único caminho a ser percorrido, sem subterfúgios.
    Parabéns sempre, e, como disse o seu “Tweet” (sei lá como se chama esse silibar dos pássaros que os geeks costumam denominar “twitter”) ME ORGULHO MUITO DOS MEUS AMIGOS.
    Abraços, friend

  4. Missing Friend disse:

    Vale a pena ETERNIZAR o efêmero! :)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s