Minhas Razões

Acredito que mais de 80% das coisas que eu já escrevi foram alguma espécie de reflexão existencialista. Se isso pode parecer estúpido ou pueril pra algumas pessoas, não consigo imaginar uma alternativa diante do fato incontornável: desde que eu nasci, o elemento mais corriqueiro é justamente a vida, e, de tudo que já experimentei, não há nada que com ela não guardasse alguma conexão. E seu usufruto (já que se trata disso, usufruir) me agrada de tal maneira que minha razão não consegue conceber o uso de qualquer espécie de narcótico que trocaria minha observação eterna do cotidiano por qualquer alucinação maluca: a vida basta por si, sem aditivos. Há beleza nas coisas mais comuns e isso não é (somente) um chavão. É uma opção. Talvez eu devesse escrever mais sobre futebol, política ou até sentimentalidades, pois são essas coisas que permeiam esse imenso palco da vida. Como a existência se trata de uma constante, todos que existem tem isso em comum, o existir, e são as coisas adicionais que fazem toda a diferença. Não nego isso. Mas talvez minha capacidade de descrever estes acontecimentos seja pautada pelo profundo impacto que eles têm na minha vida. Todo golaço é uma consagração da existência humana, assim como um filme bom ou uma piada boa (de preferência original). Nós todos existimos por e para essas coisas. Mas, mesmo assim, é um exercício sadio o questionamento se sabemos de fato viver. Analisar seus fundamentos éticos e ideológicos – as coisas que te fazem acordar de manhã e que te povoam o sono – e tentar retirar de tudo um propósito. Nem que este seja viver uma vida sem propósito. Seja qual for sua opção, a coragem de assumir uma é um passo além de uma vida medíocre, em busca de uma explosão de sentidos que (deve ser/é) uma vida extraordinária.

Todo mundo sente necessidade de se justificar as vezes, não é?

Anúncios

2 respostas para Minhas Razões

  1. Bom eh usufruir de uma razao em comum… talvez seja pq temos alguns genes em comum :P

    Bjo!
    Visita o http://www.bezerradeoliveira.wordpress.com, blog novo na area. Tenho impressao de q tem relacao com vc hehe

  2. Pingback: Os números de 2010 | Riverside Hotel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s