Balada do Desencontro

Wagner Artur

Hoje estou desorientado, perdido e atormentado
Confuso, abobalhado, e acima de tudo, desritmado
Perdido na valsa, apagado, totalmente renegado
Entre muitos esquecido, entre outros simplesmente ignorado
Mas nessa balada do desencontro que encontro o meu tormento
Disfarçado de alegria, mascarado no meu contentamento
A vida me afasta de tudo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s